Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/18 às 17h15 - Atualizado em 15/06/18 às 15h15

Trabalho e habitação: política públicas integradas dão segurança à população

COMPARTILHAR

Em dois dias, vendedora de acarajé recebeu escritura da casa e registro da empresa

 

Foto por Cleverlan Costa

 

O Mutirão da Simplificação, que ocorreu entre 14 e 18 de maio, em Ceilândia paralelamente à Semana do MEI, foi muito especial para uma empreendedora em particular. Aos 58 anos, Dinalva Paixão dos Santos, a Tia Bita, finalmente regularizou sua situação e agora é uma Microempreendedora Individual.

 

Há 40 anos Tia Bita vende Acarajé em todos os grandes eventos do Distrito Federal, mas somente agora o Acarajé da Tia Bita passa a existir oficialmente. Desse modo, ela passa a ter acesso a crédito bancário e à Previdência Social, além de outros direitos do empreendedor regularizado.

 

Mas o melhor da regularização para Tia Bita é sentir que seu negócio existe de fato, no papel, e não apenas na cabeça das pessoas. “Antes, as pessoas ouviam falar do Acarajé da Tia Bita, mas eu não tinha como comprovar que a empresa existia. Agora, isso vai ajudar até na divulgação. Uma freguesa veio aqui e viu a minha cozinha, viu como eu trabalho. Dá mais segurança e credibilidade”, explica Tia Bita.

 

A baiana de Feira de Santana é um exemplo de integração de políticas sociais do Governo de Brasília. Isso porque, além de receber o certificado de MEI, um dia antes ela havia ganha das mãos do próprio governador Rodrigo Rollemberg a escritura da casa em que vive há 15 anos no condomínio pôr-do-sol, em Ceilândia.

 

O secretário Valdir Oliveira destaca essa integração. “Não é só oferecer casa, moradia para as famílias, é mais que isso. É oferecer a oportunidade do trabalho, do sustento das famílias. Assim, integramos as políticas públicas para o desenvolvimento sustentável do Distrito Federal”, explica o secretário.

 

O Mutirão da Simplificação é um evento promovido pelo Sebrae-DF em pareceria com o Governo de Brasília por intermédio da SEDICT.